sábado, 6 de abril de 2013

COPACABANA COPIOU O CALÇADÃO DA PRAÇA DE SÃO SEBASTIÃO ?


A calçada da Praça de São Sebastião em Manaus possui semelhança ao desenho da paginação do calçadão da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. E sempre leio as pessoas comentando que um foi cópia do outro!
Mas qual foi construído primeiro? O calçadão do Largo de São Sebastião ou o de Copacabana? No entanto existe uma praça que é mais antiga ainda, vejam: 


Praça de D. Pedro IV, mais conhecida como Praça do Rossio, em Lisboa. Seu desenho foi escolhido para homenagear o encontro das águas doces do Rio Tejo com o Oceano Atlântico.




Assim como o Teatro Amazonas, a calçada de Manaus foi inspirada na arquitetura européia. Hoje, moradores de Manaus gostam de dizer que o desenho de sua calçada simboliza o encontro da água escura do Rio Negro com a água barrenta que chega pelo Solimões. Os rios levam quilômetros para se misturar completamente, formando o Amazonas.
No Rio de Janeiro, a história é que a calçada de Copacabana faz referência às ondas do mar. Foi a partir da capital fluminense que o piso se tornou famoso em todo o país, sendo copiado também em outras capitais. Mas o conhecido calçadão foi instalado no Rio depois de Manaus ter terminado o seu. Então capital do Brasil, o Rio recebeu sua primeira calçada com ladrilhos portugueses no início do século XX- em 1905. Em Manaus foi finalizado em 1901. A conclusão obviamente que as duas foram inspiradas na Praça D.Pedro IV de Lisboa ...



Um comentário:

  1. Finalmente uma explicação sensata sobre o tema. Parabéns pelo não bairrismo em não prolongar esse entendimento que muitos tem que o RJ copiou Manaus. Sejamos sinceros e honestos, vivemos num país onde RJ e SP ditam todos os quesitos do Brasil: moda, comportamento, cultura e futebol. Tudo isso é ditado por esses dois estados, pois além de serem os pontos de poder, são onde estão localizadas as difusoras de mídia nacionais, então desta forma, a influência é destes centros para as demais regiões do país e não o contrário. Portanto, concordo com você que a inspiração para ambas calçadas sejam a mesma, que é uma praça de Lisboa.

    ResponderExcluir