sábado, 20 de abril de 2013

HOTEL CASSINA E CABARÉ CHINELO DE MANAUS


O HOTEL CASSINA – Foi o hotel mais frequentado nos tempos áureos da borracha na cidade de Manaus. Foi ponto de encontro de grandes empresários, intelectuais, políticos e visitantes ilustres no inicio do século XX. No álbum Manaus ontem e hoje, encontramos a seguinte nota sobre o hotel Cassina:

“O hotel Cassina foi erguido à praça Dom Pedro II , esquina da rua do governador Vitório (rua dos armazéns, rua de Deus Padre). Depois foi hospedaria, onde esteve o escritor Coelho Neto em 1899. Fundos para a rua Frei  José dos Inocentes.” Esse álbum está disponível na biblioteca pública do Amazonas. .

Atualmente a localização possui a seguinte nomenclatura:  Rua Bernardo Ramos no. 295, no centro antigo. Foi considerado um bem que integra o Patrimônio Cultural de Manaus, tendo sido incluído no Decreto da Prefeitura Municipal de Manaus, sob o no. 7.176, de 10/01/2004, como Unidade de Preservação do 1º. Grau.

Este magnífico prédio foi construído em 1899 e, segundo os historiadores, o nome do hotel foi em homenagem ao seu proprietário, o italiano Adréa Cassina. Passou por momentos de glória no período áureo da borracha, depois com a economia gomífera abalada e toda a cadeia que envolvia a produção da borracha, foi rebaixado para a condição de Pensão, passando, posteriormente, para Cabaré Chinelo, no sentido pejorativo de quinta categoria e, finalmente, para a condição de um prédio abandonado, em ruínas.





Esse é o aspecto do prédio que abrigou o antigo Hotel Cassina,  somente as ruínas!
Conheça mais sobre essa localização aqui:




21 comentários:

  1. super triste em ver a total ruína de prédios históricos..lugares em poderiam ser transformados em centro culturais ou ainda, em galerias de lojas...ohh pena mesmo...eu amo o Cabaret e toda sua história.

    Giselle Serejo,escritora e poeta amazonense

    ResponderExcluir
  2. Realmente é muito triste ver um patrimonio historico se acabar em ruinas.

    ResponderExcluir
  3. Realmente é muito triste ver um patrimonio historico se acabar em ruinas.
    Aoutoridades competentes tem a obrigação de restaura-lo.

    ResponderExcluir
  4. é bem perto da nossa livraria Diallmeda....na Joaquim Nabuco...está horrível e é um poço de drogas

    ResponderExcluir
  5. Muito triste ver o abandono desses prédios históricos. Será que a prefeitura de Manaus tem algum projeto pra resgatar esses locais? Não podemos deixar a cidade sumir dessa forma. Restaure esses prédios antigos Sr. prefeito Artur Neto. É um apelo de uma pessoa que não nasceu em Manaus, mas que ama a cidade mais do que muita gente que nasceu e vive aqui.

    ResponderExcluir
  6. Triste ver como nós tratamos a nossa história. Tão rica e, ao mesmo tempo, esquecida por todos.

    ResponderExcluir
  7. Muito interessante viajar no tempo e relembrar o passado!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passado ne, como teria sido esse "passado".

      Excluir
  8. Todos nós nascidos ou não em Manaus, mas que amamos a cidade aonde vivemos observamos com imenso pesar que somente nas inaugurações tudo é lindo, belo e repleto de promessas românticas de amor, carinho e respeito ao merecimento do povo, mas não demora muito, o amorzinho acaba o mato toma de conta, os vândalos depredam, pois não há segurança nem fiscalização e tudo cai no descaso, no esquecimento, Manaus é a cidade do já teve, pois já teve tudo de bom e foi se acabando, tomamos por exemplo os museus que sabe lá os motivos não abrem aos domingos com tantos estagiários querendo trabalhar.

    ResponderExcluir
  9. fico triste em saber que certos patrimonios historicos da nossa cidade se acabam em ruinas esquecidas pelo poder publico....ô governantes vamos fazer alguma coisa

    ResponderExcluir
  10. Que porra nenhuma, tem é que ser derrubado e cinstruir um departamento de polícia nessa cidade de merda cheia de ladrões e corruptos.

    ResponderExcluir
  11. Comentário ridículo e ignorante este acima.......cidade de merda??? Mude-se. Patrimonios como este, fazem parte de nossa história.

    ResponderExcluir
  12. O que dizer da Praça IX (Nove) de Novembro um pouco mais abaixo no sentido Centro em frente ao Museu do Porto (também abandonado) que está se transformando numa lixeira, abandonada no Centro Antigo de Manaus desde 2008 sem nenhuma ação do poder público Municipal e Estadual.

    ResponderExcluir
  13. algém sabe quem é o dono deste prédio/local ? seria a propria prefeitura de manaus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza não tem dono. Porque se tivesse, não teria gente usando drogas na mesma.

      Excluir
    2. Eles são de herdeiros,se tornando difícil para comprá-los,quando se fala de herança já viu né,a prefeitura tinha entrar com ações para integrar à ela,visto que alguns não estão mais nem vivos,acho!

      Excluir
  14. Gostaria de saber onde conseguiu as informações sobre este patrimonio histórico pois estou preciso fazer um trabalho sobre este local

    ResponderExcluir
  15. Dá para ver que a rua ainda é daquele tempo. Ou estou errando???!!?!

    ResponderExcluir
  16. Esses governantes não estão nem aí para nossa história , tem que preservar ,isso é patrimônio !!!!

    ResponderExcluir
  17. Esses governantes não estão nem aí para nossa história , tem que preservar ,isso é patrimônio !!!!

    ResponderExcluir