quarta-feira, 8 de maio de 2013

BONDES DA CIDADE DE MANAUS


OS BONDES NA CIDADE DE MANAUS – Quem nunca sonhou em andar de Bonde ? Eu pelo menos sonho acordada. No entanto andar de bonde antigamente não era glamour e sim necessidade, pois ele era um dos principais meios de transporte de Manáos depois da urbanização, (ressaltando que as catraias também eram bastante utilizadas). Nessa época quem prestava o serviço de bondes elétricos em Manáos, era a empresa Manáos Tramway & Ligth Company. Uma empresa inglesa que atinge o seu auge com um excelente serviço prestado à população desde sua instalação. Em 1930 a mão de circulação era pelo lado direito conforme era utilizada em Londres. A partir dos anos 40 a prestação de serviço torna-se decadente e deficientes pois não há mais estabilidade econômica para manter os recursos elétricos funcionando, o que leva problemas de continuidade nos serviços dos bondes e aos poucos ele vai sendo desmerecido e sendo substituído na preferência popular, sendo  extinto no fim da década de 50. Como não houve investimentos constantes no setor de transporte público da cidade, em julho de 1947 entram em cena os ônibus urbanos que eram de madeira, eram artesanais. Alguns empresários também adaptavam pequenos  carros  para atender a demanda pública. Somente em 1950 totalizava-se  cerca de 70 veículos circulando,  para atender a demanda pública de cerca de 139.620 mil habitantes lembrando que a cidade já começa a ser expandida como preconizavam os antigos intendentes públicos.  Apesar dos serviços da Manáos Tramway & Ligth Company perdurar ate28 de fevereiro de 1957, a linha do bond da rua 10 de Julho (Plano Inclinado da Aparecida) e da Gare da Cachoeirinha vigora até a sua extinção nos anos de 1962 quando a empresa pública Companhia Elétrica de Manaus cessa todos os serviços da antiga empresa de bondes de Manaus.



ESTAÇÃO DA APARECIDA 


 ESTAÇÃO DA APARECIDA


 TRAFEGANDO NA AVENIDA SETE DE SETEMBRO



TRAFEGANDO NA LINHA DE FLORES COM ALUNAS DO DOROTÉIA





TRAFEGANDO NA 10 DE JULHO



TRAFEGANDO NA AVENIDA SETE DE SETEMBRO


LINHA DE FLORES



RUA FERREIRA PENA



 SUBUSINA DA MANÁOS TRAMWAYS, local onde eram guardados os bondes e oficina de reposição de peças. O local ainda existe transformado em almoxarifado e garagem da concessionária de luz, na Cachoeirinha em frente ao mercado Walter Rayol na Cachoeirinha




DESFILE DE COBRADORES FISCAIS E CONDUTORES DE BONDE DA MANAUS TRAMWAYS – Esse desfile aconteceu ao fim da II Guerra Mundial em agosto de 1945. Saíram da Praça Oswaldo Cruz, frente à sede da empresa Tramways (a empresa era localizada no complexo Booth Line) e seguiram caminhando até o bairro da Cachoeirinha onde ficava a garagem e oficina dos bondes.




Usina termelétrica da Aparecida - antiga estação dos Bondes em Manaus - Plano Inclinado (Aparecida), hoje rua Comendador Alexandre Amorim, próximo à Vila Rezende, ao lado do prédio Miranda Corrêa



Nenhum comentário:

Postar um comentário