sábado, 4 de maio de 2013

GRAVURAS DE MANAUS DE 1858-1859


Série de postagens contendo algumas gravuras de Francois Rouget (1811-1887) e Alfred Etherrington quando a publicação de "Deux Annés au Brésil" foi publicado nos anos de 1862 pela Librarie de L. Hachette et C. em Paris, pela eximia mão de mestre do ilustre gravador Edouard Riou (grande ilustrador do realismo romântico francês) com base nos relatos e obras do pintor e grande aventureiro naturalista Auguste François Biard que esteve no Amazonas em sua viagem nos idos de 1858-1859.

A FLORESTA PERTO DE MANAUS 

MANAUS A PRAIA E A VILA

UMA RUA DE MANAUS

MANAUS

CROQUI DA PLANTA DA CIDADE DE MANAUS 


 Maison du président de la Province des Amazones – Manaos. Diante da residência havia a ponte da Imperatriz sobre o Igarapé do Espírito Santo. Ligava o Bairro do Espírito Santo com o Bairro da República.
DE VOLTA À CASA MODERNA

SALA DE JANTAR EM MANAUS
A CANOA PARA MANAUS 


Nenhum comentário:

Postar um comentário