domingo, 22 de janeiro de 2017

INAUGURAÇÃO DO CHAFARIZ DAS QUIMERAS


Manáos foi historicamente uma das cidade que passou por grandes evoluções tecnológicas no início do século XX. Temos registros da instalação de  telefone, água encanada e sistema de esgoto, além de receber energia elétrica, que alimentava um transporte público eficiente e que cobria todas as regiões da cidade. Inclusive a periférica, que reconhecemos atualmente por meio de postais como região de Flores.
Os documentos históricos da Intendência de Manáos nos mostra que o prefeito da época, Dr. Jorge de Morais, assumiu a direção da cidade entre os anos 1911-1913 e foi o primeiro de nossa história a ser eleito pelo voto popular.
Foi no governo de Jorge de Morais que o Chafariz das Quimeras foi erguido entre as ruas Epaminondas e Visconde de Mauá (antiga Demétrio Ribeiro), defronte ao tradicionalíssimo Café dos Terríveis.
Durante anos o Chafariz ficou exposto no centro antigo de Manaus. Anos depois foi instalado na Rua João Coelho, atual Avenida Constantino Nery. No governo de Amazonino Mendes o Chafariz foi desmontado e no local aconteceu a construção de um Viaduto. Por muitos anos o monumento ficou guardado no depósito da Prefeitura de Manaus e esquecido.
Na administração do Serafim Corrêa, foi colocado na Praça da Bola do Eldorado, com muita iluminação, tornando o local mais aconchegante. Encantando todos que por ali transitavam.
 

Qual a imagem é possível visualizar ao olhar para o Chafariz das Quimeras? Monumento lindo com cabeça de leão e asas. 



ATUALMENTE O CHAFARIZ  ENCONTRA-SE NA PRAÇA JEFFERSON PERES 




2 comentários:

  1. Conheci o chafariz em dezembro de 2014. Achei super interessante e fui pesquisar a respeito. Essas idas e vindas do monumento nos dá uma ideia de como o poder público trata seu patrimônio histórico. Felizmente, hoje o chafariz repousa tranquilamente na praça Jefferson Peres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade. Se tivesse permanecido no primeiro local e a praça totalmente preservada, seria maravilhoso

      Excluir